loader
bolinho de bacalhau

A diferença entre o bolinho de bacalhau português e o brasileiro 28 de junho de 2017

No Brasil, ele ganha as mesas como aperitivo caprichado dos almoços de domingo ou como petisco infalível dos botequins mais tradicionais. Estamos falando do bolinho de bacalhau, mas sabia que em Portugal, onde ele nasceu há mais de 100 anos, o nome mais comum é pastel de bacalhau? Não confunda com o nosso pastel, de massa fina retangular, aquele que ganha um recheio obscenamente exagerado no Mercado Municipal de São Paulo, por exemplo.

Mais ao sul do país europeu, é assim que o bolinho é chamado. Indo em direção à cidade do Porto, mais ao norte, o bolinho começa a virar bolinho mesmo. Em Lisboa, um dos lugares mais famosos para degustar a delícia é a Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau e um dos mais pedidos é o que leva queijo da Serra da Estrela na receita. É o casamento de dois adorados patrimônios gastronômicos lusitanos, o que desperta tanto água na boca quanto torcidas de nariz por lá.

Dependendo da região, o formato do quitute também muda. Onde ele é bolinho, é mais bolinha. Na capital lusa, o aspecto oval é feito entre duas colheres. O resultado é um pastel maior que a difundida versão brasileira, geralmente enrolada à mão.

A receita portuguesa

A receita original leva poucos ingredientes: bacalhau desfiado e sem espinhas e sem pele, batatas, leite, ovos – pimenta e salsinha picada para temperar bem. Mas há quem não coloque o leite, mas inclua cebola picada. O que é ponto pacífico em todas as receitas: primeiro, um bom bolinho precisa ter, no mínimo, 1/4 a mais de peixe do que de batata. O dobro da quantidade é tido como o ideal. E em segundo lugar, a fritura deve ser feita em óleo e não azeite, porque apenas com o óleo se atinge a alta temperatura ideal para criar a casquinha dourada e crocante.

Premier Pescados

Premier Pescados

Os melhores pescados para o seu restaurante e para a sua casa.

9 # # # # # # # # # # # # # # # #

Deixe uma resposta