loader

Exija o DNA de origem do camarão que você compra 18 de dezembro de 2017

Fique atento aos camarões contrabandeados que estão chegando no Brasil!

O portal de notícias G1 publicou, há poucos meses, uma matéria sobre a apreensão de camarões contrabandeados da Argentina e transportados ilegalmente para o Brasil em condições de armazenamento inadequadas, sem refrigeração e em caixas de papelão.

Infelizmente, notícias como essa vêm se tornando comuns no Brasil. Portanto, é importante que você exija de seu fornecedor o laudo de DNA de origem do camarão comprado para seu estabelecimento.

Veja o link da notícia na íntegra: “Contrabandeados da Argentina, 500 quilos de camarão são apreendidos em SC”.

A Premier tem indicação de procedência comprovada

Em novembro de 2017, a Premier Pescados recebeu o resultado positivo da identificação de espécies em pescados realizado pela empresa Myleus Biotecnologia, especializada em análises de DNA e controle de qualidade em alimentos.

O DNA do nosso camarão rosa limpo foi aprovado no laudo técnico sobre a origem controlada do alimento. Foram recolhidas algumas amostras do produto e submetidas a uma análise criteriosa.

Desconfie de preços muito baixos; essas mercadorias podem ter sido contrabandeadas e provavelmente estarão em condições inadequadas para o preparo, o que coloca em risco seu negócio e a saúde de seu cliente.

Faça sua parte, é possível combater a disseminação de camarões contrabandeados e sem controle de origem. Solicite a seu fornecedor o teste sobre a origem do camarão.

Para combater as irregularidades e possibilitar a entrada de camarões de outros países da América do Sul no Brasil, como é o caso do Equador, instituições e órgãos responsáveis lutam pela causa. Veja na matéria da Seafood Brasil sobre a liminar que proibia camarão equatoriano.

Para saber mais ou em caso de dúvida entre em contato com o nosso setor de qualidade: qualidade@premierpescados.com.br

 

Premier Pescados

Premier Pescados

Os melhores pescados para o seu restaurante e para a sua casa.

0 # # # #

Deixe uma resposta