loader
Onde comer centolla

Onde comer centolla no Chile e na Argentina 5 de maio de 2017

Ir para Salvador, na Bahia, e comer uma moqueca de camarão é programa imperdível, assim como subir a Serra da Mantiqueira, em São Paulo, e comer uma truta com molho de amêndoas. Se a próxima viagem das férias de inverno for dar um pulo no Chile, a busca gastronômica passa por provar o caranguejo gigante que habita as águas frias da costa do país. Mas onde comer centolla no Chile? E na vizinha Argentina?

Se o seu destino for apenas a capital Santiago, será mais ou menos como procurar a moqueca baiana em São Paulo: você encontra, em lugares mais turísticos da cidade e vai pagar um preço tão gigante quanto as patas desse king crab chileno.

Nesse caso, a melhor pedida é ir ao Mercado Central e procurar o restaurante Donde Augusto, onde é servida como se deve: fria, destrinchada pelo garçom na hora, sem condimentos fortes ou molhos que mascaram o sabor adocicado da carne, que é mais suave que o caranguejo do Nordeste brasileiro e lembra a da lagosta. Vá em grupo, uma centolla dá para três comensais ou mais, quase sempre servida como aperitivo ou entrada.

Para uma experiência gastronômica mais autêntica, seu roteiro deve incluir a Patagônia Chilena, mas precisamente, a cidade de Punta Arenas. Em seu centrinho, há uma profusão de estabelecimentos que servem a iguaria. O mais conhecido e recomendado é o Sotito’s.

Não muito longe dali, fica a célebre cidade argentina de Ushuaia, bem mais visitada, onde também é possível degustar centolla, em casas como Villagio e Tia Elvira.

Premier Pescados

Premier Pescados

Os melhores pescados para o seu restaurante e para a sua casa.

10 # # # # # # # # # # # # # #

Deixe uma resposta