loader
turismo de pesca

Turismo de pesca: os melhores destinos do Brasil 19 de maio de 2016

Juntar os amigos, encarar a estrada, curtir a natureza, passar o dia à beira do rio pescando. Ao fim do dia, preparar o peixe fresco e rememorar as aventuras do dia.

Se essa lhe parece a descrição perfeita de férias, não está sozinho. Desde 1998, a pesca amadora é considerada um segmento do turismo

Em um país com tanta extensão costeira e hídrica, as opções são vastas. Pantanal e Bacia Amazônica despontam como os destinos mais lembrados, mas não são os únicos.

Confira as características de alguns destinos pesqueiros:

1. Pantanal mato-grossense

Diferencial: rica biodiversidade, maior planície de inundação contínua do mundo, santuário ecológico.

Melhor época: de março a outubro.

Principais pescados: pacu, piraputanga, piau, pintado, dourado e piranha.

Cidades-base: Poconé e Cáceres, no Mato Grosso, ou Corumbá e Porto Mortinho, no Mato Grosso do Sul.

2. Araguaia 

Diferencial: a pesca predatória é proibida, todos os peixes devem ser devolvidos após a captura.

Melhor época: a alta temporada é em julho.

Principais pescados: cachara, piraíba, tucunaré-azul, pirarara, surubim-chicote, pirarucu, pintado, aruanã, apapá, cachorra, matrinxã e bicuda.

Cidades-base: Aruanã, Luiz Alves, e o distrito de São Miguel do Araguaia, em Goiás.

3. Amazônia

Diferencial: 3 mil espécies de peixe.

Melhor época: entre setembro e fevereiro.

Principais pescados: tucunaré-açu, traira, matrinchã, cachorra, apapá, atuanã, bicuda, piranha preta, piraíba e pirarara, tambaqui, pacu, jatuarana, trairão e pirapitinga.

Cidades-base: Na parte norte, as regiões de Barcelos e Santa Isabel são referências. Ao sul, há as águas dos rios Teles Pires, Aripuanã, Tapajós e Suia-Miçu.

4. Oceano Atlântico

Diferencial: nunca se sabe o peixe que se encontrará no oceano e a variedade de técnicas que podem ser utilizadas.

Melhor época: o ano todo

Principais pescados: robalos, sargos, garoupas, anchovas (mais frequentes no inverno), dourados, peixe-espada, cação e atum.

Cidades-base: Canasvieiras, na Bahia, e Vitória, no Espírito Santo, são consideradas boas localidades para o turismo de pesca.

Os deveres no turismo de pesca

O Ibama estabeleceu regras para um turismo sustentável que devem ser observadas tanto por turistas como por prestadores de serviços do setor:

– Tirar a licença de pesca amadora

– Respeitar o defeso

– Respeitar as cotas de captura e transporte

–  Respeitar os tamanhos mínimos de captura

– Soltar as espécies proibidas

– Não pescar em áreas proibidas

– Não introduzir espécies

Fonte: Expedia Brasil

Premier Pescados

Premier Pescados

Os melhores pescados para o seu restaurante e para a sua casa.

15 # # # # # # # # # # # # # # # # #

Deixe uma resposta